Inbound Marketing – O que temos a aprender com isso

Ganhar o interesse das pessoas ao invés de desviá-lo: basicamente, este é o intuito do Inbound Marketing. Teoricamente, parece um bicho de sete cabeças, mas na verdade trata-se de um novo momento na produção de conteúdo para a internet que requer planejamento e bastante estratégia. Em poucas palavras, o exercício do Inbound Marketing é transformar ações comuns em interesse, envolvimento ou valor agregado ao público-alvo de uma marca.

Antes de entendermos como funciona esta nova forma de se comunicar na internet, é preciso estamos cientes de que interromper a atenção sobre algo é inadequado e, muitas vezes, intrusivo. Por exemplo, quando um anúncio bloqueia o fluxo natural de uma pessoa que está navegando na internet, ouvindo um podcast ou assistindo a um programa na TV, isso só atrapalha e gera desconforto. Hoje, não são apenas nos meios de comunicação tradicionais que ações como estas acontecem. Por exemplo, os anúncios “guela abaixo” que algumas marcas incluem em meio aos vídeos curtos são clássicos exemplo do que conhecemos como Outbound Marketing. Este velho modelo de Marketing se apoia em 3 pilares básicos: informar, persuadir e relembrar. Além da diminuição da eficiência, esta comunicação é feita sem a permissão do consumidor e só existe enquanto houver budget – geralmente altos – do cliente.

Já o Inbound Marketing vem para causar uma ruptura neste modelo, já que seus três principais pilares são: identificar, engajar e contribuir. Ele traz um conjunto de estratégias e táticas que chamam atenção do público de forma orgânica e natural, já que é ele mesmo que vai atrás do seu conteúdo e não o conteúdo que vai atrás dele. Com o Inbound Marketing, o controle passou das mãos dos anunciantes para a dos consumidores, dando às pessoas o poder de escolha não só na hora da compra, mas também sobre quais mensagens deseja receber ou não.

Assim, estratégias como SEO e PPC (Pay Per Click) com objetivo do cliente responder a breves questionários antes de receberem determinados materiais ou focar em responder as perguntas mais comuns dos usuários em mecanismos de busca, funcionam muito bem. Além de serem menos intrusivos e mais engajantes, fatores como custos reduzidos atraem cada vez mais os clientes para ações de Inbound Marketing.

Mais do que persuadir, é momento de encantar e engajar clientes. As marcas precisam demonstrar que entendem muito bem da necessidade de seus consumidores. Que os conhecem e se importam com o que eles pensam. Ações alinhadas a este pensamento, além de serem mais baratas, geram mais valor para uma empresa.

Converse com sua agência digital e aposte no poder do Inbound Marketing. 

 

A Ideia Agência Digital tem sede em Porto Alegre Rio Grande do Sul, mas seu pensamento é global. Há seis anos no mercado da tecnologia e internet, nossa equipe respira Marketing Digital e inovação, através da atualização e inquietude contínuas de todos que fazem a empresa. Somos Google Partners e especialistas na construção de sites, SEO, Social Media Marketing e todas as ações de um plano de Marketing Digital completo. Gostou do nosso texto? Manda um e-mail pra nós com o seu feedback: atendimento@ideiaagenciadigital.com.br.